A OBSCURIDADE POR TRAS DA ESTATUA DA LIBERDADE - ADORAÇÃO ILLUMINATI



UM MEGA POST QUE EXPLICA QUAL O VERDADEIRO SIGNIFICADO DA ESTATUA DA LIBERDADE


Deusa' Astarte  é representada nos tempos atuais pela 'Estátua da Liberdade' em NY.

A Liberdade Iluminando o Mundo, é um monumento inaugurado em 28 de outubro de 1886.

"A  Estátua da Liberdade  tornou-se o símbolo mais querida dos Estados Unidos da América. O que não foi ensinado na escola foi seu verdadeiramente significativas com relação à verdadeira natureza da estátua."

Esses fatos pertinentes que permanecem em grande parte desconhecida giram em torno da verdadeira história da criação da estátua, assim como o sentido e o significado por trás da estátua.

Escultor francês, Frederic Bartholdi, que projetou a Estátua da Liberdade. Bartholdi não originou o conceito da estátua. 

A idéia para a criação de uma estátua da liberdade e  foi proposto pela primeira vez por outro francês com o nome de Edward Laboulaye. Foi idéia e determinação de Laboulaye, durante a Guerra Civil americana, que levou a ideia a partir de  uma simples  noção de um projeto real.

Laboulaye, um maçom francês propôs a ideia de uma estátua gigante replicando uma deusa que o movimento maçônico idolatra. Laboulaye começou a elevar o apoio financeiro e comissionar Bartholdi para fornecer a escultura desta deusa da iluminação desde os tempos antigos.

Vamos precisar de seguir a  investigação  sobre as conexões de compreender plenamente o significado desta estátua.
Deusa romana Libertas.

Que divindade foi esta? 

 Foi deusa conhecida por vários nomes. Laboulayee seu companheiro maçom, e o escultor Bartholdi se referiu a ela como "Libertas",  ela foi adotada pelos romanos, mas esta deusa é babilônica Ishtar

Libertas era o nome de uma antiga  deusa romana  adotada pelos romanos talvez tão cedo quanto o século 5 aC e, certamente, pelo século 4 aC.Ela foi referida como a deusa da liberdade pessoal e da liberdade. 
Na verdade Libertas significava liberdade. Assim, a liberdade significa liberdade. Os dois nomes descrevem o conceito que chamamos de liberdade. Liberdade = Liberdade e Liberdade = Liberdade."ESTE CONCEITO VIRIA AFLIGIR MAZELAS DA SOCIEDADE"
 Liberty = Freedom and Freedom = Liberty

"Será que não ouvimos a mesma idéia como tema durante a década de 1960? Década  que o ocultismo tomou força,e a pratica de liberdade degenerada  de sexo e drogas."

Esta deusa era a deusa da liberdade, porque ela promoveu os ideais para a liberdade pessoal para fazer qualquer coisa que me senti bem. Ela foi chamada de deusa matrona da prostituição porque ela promoveu a liberdade sexual. Na verdade, ela tinha inventado o conceito. Escravos a considerava sua deusa, na esperança de ganhar sua liberdade.

Muitas mulheres que ganharam a liberdade depois virou-se para a prostituição para sobreviver e, assim, manteve Libertas como sua deusa, especialmente se elas se tornaram sacerdotisas do culto Libertas. Libertas também foi uma deusa da guerra, a fim de lutar pela liberdade. Ela também foi referido às vezes como a deusa da vitória porque a liberdade deve ter a vitória, a fim de sobreviver. Esta deusa também era a deusa dos imigrantes.

Toda a ideia de imigração conotado a ideia de liberdade. Sua popularidade também foi único por causa de sua doutrina única de ouvir orações pessoais. Esta doutrina original era algo que a maioria das doutrinas divindade pagã não foram eliminados no sentido.

Sabemos que esta deusa existiu porque os registros deixados para trás para nós. Temos os antigos escritos de Cícero que escreve desta deusa e seu Templo no Caminho Aventino, em Roma. Ela foi retratada em algumas moedas romanas como vestindo um boné de liberdade e tendo uma coroa de flores junto com uma lança ou às vezes uma espada


 Efige de Athena x deusa Vitoria ou Liberdade           Efígie deusa Vitória ou Liberdade.



Seleuco, o Vencedor: a moeda traza efígie de Seleuco com um elmo adornado de chifres e orelhas de boi e pele de leopardo e no outro lado a deusa Vitória ou Liberdade.

Mais tarde













Tais imagens de moedas não eram as únicas representações. Às vezes, ela estava bem vestida e em outras vezes sedutoramente nuas em ambas as esculturas e pinturas. Sabemos da Libertas a ser referido como a mãe das prostituições pelo famoso historiador romano (e senador) escritos de Cícero. Cicero indica que ela também era uma deusa muito cedo dos gregos antes mesmo de civilização romana cedo desenvolvido.

"Ao investigar mais, descobrimos que os gregos tinham adquirido conhecimento desse ser de impérios anteriores no Oriente Médio e no Egito. Esta deusa foi chamada Ashtoreth em hebraico e em versão grega do Antigo Testamento (a Septuaginta)."


Ashtoreth foi transliterado para o grego como Astarte, que se tornou o nome grego deusa, até que foi mais tarde alterado para Afrodite ou Venus. O termo hebraico Ashtoreth era em si uma transliteração do dialeto babilônico (acadiano) termo de Ishtar.
Ashtoreth


Afrodite ou Venus
"ATENÇÃO muitos se confundem os CUPIDOS QUE SE ENCONTRA COM AFRODITE,COM QUERUBINS OU ANJOS NESTE CASO NÃO TEM NADA A VER!"

Não vamos misturar "Santo" com profano.


Ishtar


Em Canaã esta divindade foi chamada Ashtaroth. Os hititas a chamou Shaushka. Os fenícios sobre Cypress inicialmente se referiu a ela como Astarte.

Ashtaroth




Isis era o nome que os egípcios deram a ela



Quando os medo-persa dominaram Babilônia, os sacerdotes delá tiveram que fugir (os medo-persas adoravam o fogo), e se estabeleceram em Pérgamo, na Ásia Menor. Pérgamo se tornou o centro do culto da mãe com o filho. Daí foi levado para Roma com os nomes de 
Venus e Cupido.



Isto é como a deusa ficou introduzida aos primeiros gregos. Sabemos que esta transformação em parte devido aos textos escritos encontrados por arqueólogos além de estudar os traços de caráter e descrições. Por exemplo todas essas divindades eram, na verdade, apenas uma deusa e ela foi associada com o planeta Vênus.
A maioria tinha língua fonética nos aspectos Transliterando do nomeIshtar e este permaneceu assim até os gregos mudarem o nome para Afrodite. Mais tarde, os romanos se referiam a ela em latim, inicialmente como Libertas e mais tarde como Venus quando aceitaram mais do que apenas as doutrinas da liberdade.

                             ISHTAR: Deusa da liberdade e da liberdade pessoal


Ishtar foi introduzida para os gregos como Astarte através dos fenícios. Podemos ver que a linhagem da deusa grega e romana do planeta Vênus faz todo o caminho de volta para a antiga Babilônia de cerca de 3.000 aC. (e mais tarde os romanos) escolheram para homenagear inicialmente apenas uma parte do caráter e doutrinas que apelou a eles nesses primeiros anos antes deles estabeleceram impérios de Ishtar. 


Doutrina da liberdade pessoal de Ishtar foi o que realmente impressionou tanto os gregos e os romanos. Eles, portanto, escolheram para adorar apenas esse aspecto de seu caráter.Conforme o tempo passava, as gerações seguintes de gregos encontraram as outras doutrinas Ishtar para ser atraente e incorporou-a em seu panteão de divindades como Astarte ou Afrodite. Mais tarde ainda, os romanos fizeram o mesmo e se referiu a ela como Venus.


Parece que o fascínio de Ishtar era a sua doutrina do sexo  ou a salvação por relações sexuais sagradas com uma sacerdotisa do templo ou sacerdote como um meio de purificação e santidade.
Claro, isso exigiria pagar a sacerdotisa ou sacerdote e, portanto, foi oficialmente sancionada e, portanto, a prostituição "santo". Ishtar introduziu todo esse conceito para a raça humana.

É por isso que ela foi referida como a mãe das prostituições. Harlots tinham  considerada as párias sociais, para que ela também fosse referida como aMãe dos exilados. Isso foi mais tarde igualado com a idéia de imigraçãoNaturalmente, em seguida, Ishtar (aka- Libertas) era conhecida como a mãe das prostituições, a Mãe de Exilados e a mãe de imigrantes em todo, não só Babilônia e da Babilônia, mas também mais tarde, Assíria, Egito, Grécia e Roma. E nos dias de hoje em New york nos Estados Unidos

Qual foi o legado de Ishtar na Babilônia? Ela era a chefe deusa da Babilônia e todos da Babilônia. Não havia outra deusa mais honrado do que ela. Ela foi equiparada a ter quase o mesmo poder que o deus principal da Babilônia, o deus do sol Utu, também conhecido como Shamesh. Nos anos posteriores, as divindades masculinas principais seria flip-flop em popularidade.

O mais famoso e proeminente durante os tempos da nação de Israel era "Baal". [Baal também foi chamado Marduk / Mardok / Merodach / Bel] Baal foi identificado com o planeta Marte e foi chamado o deus da guerra. Seu nome significa "Senhor do ar" por seus poderes superiores e da supremacia do ar. Alegou-se que ele, assim como Ishtar e todas as outras divindades "voou" entre e para as "estrelas no céu."
Ishtar era uma divindade multi-facetado. Ela estava em primeiro lugar encantou os corações e as mentes dos babilônios por causa de sua principal dedicação à liberdade e a liberdade. 

Ishtar era também conhecida como a deusa da guerra, porque ela luta pela liberdade e pela liberdade. Ela também era conhecida como a deusa da vitória, porque não há liberdade sem vitória. Ela também era conhecida como a deusa do amor por causa de sua sexualidade e sua promoção de todos os tipos de perversão sexual em nome da liberdade. Seu lema era "se ele se sente bem, fazê-lo."


Conclusão:

 A REVELAÇÃO POR TRÁS DESTAS DIVINDADE PAGÃ E O DESFECHO SOB A  LUZ DAS  ESCRITURAS


Ishtar na  antiga Babilônia começou sua divindade como  
 Semíramis.
Semíramis esposa do rei Ninrod, "este fundou um reino a oposição do Reino de Deus foi o construtor da Torre de Babel".


Ninrod chefiou a construção da  Cidade e Torre de Babel, cujo o topo chegue até o céu. Em outras palavras Ninrod além de opositor a Deus ele era adorador de astros, a lua, o sol, as estrelas. Babilônia "onde si originou todo sistema anti-Deus " . "Todas as religiões falsas, ocultismo, bruxaria, poder maligno,simbologia pagã, ( a maçonaria e os illuminatis) tem sua origem na Babilônia!


Voltando para Semíramis; o seu rei morreu, e ela esta grávida de seu filho Tamus. Quando seu filho nasceu ela declarou que Tamus era reencarnação de Ninrod.
"Ai se fundou a base do espiritismo"

"Semíramis como uma personagem histórica a quem si atribui a fundação de Babilônia e a primeira suma-sacerdotisa de uma religião" 

Quando Tamuz era moço e estava caçando nas matas, foi morto por um porco selvagem. Semiramis então, com todas as mulheres que serviam na sua religião, choraram e jejuaram por 40 dias, no final dos quais, de acordo com a lenda babilônica, Tamuz foi trazido de volta à vida. Isto foi uma demonstração do poder da mãe. Ela começou a ser adorada com o título de "rainha dos céus" ou "deusa mãe". O símbolo desta religião foi a imagem da mãe com a criança nos braços conhecido como "o mistério da mãe com a criança".

No tempo de Constantino, ele teve que medir forças políticas com o Gal. Maxêncio para se tornar imperador.
Os imperadores do império romano portavam 2 coroas: a de imperador e a de pontifex maximus (sumo-sacerdote); isto significava autoridade política e religiosa.
Constantino, para obter o apoio dos cristãos, prometeu cristianizar o império, se vencesse. Os cristãos o apoiaram e numa última batalha, no ano 312, ele venceu e, como imperador e pontifex maximus, declarou o cristianismo a religião oficial do império.
Muitos se tornaram "cristãos" para agradar o imperador. 
Para um povo que adorava centenas de deuses, isto não era difícil! Mas estes nunca "nasceram de novo", e bem cedo começou a se formar um sincretismo do cristianismo com o paganismo. As imagens pagãs foram sendo reintroduzidas com nomes cristãos.
Venus e Cupido passaram a se chamar "Maria e o menino Jesus". Ela foi honrada como a 'rainha dos céus" e se tornou a mediatrix entre deus e os homens. Exatamente como era na religião babilônica. Os velhos festivais e feriados foram re-introduzidos no chamado "cristianismo católico ou universal", se fixando cada vez mais com o passar do tempo.

Ashtarot e Baal         na Fenícia.         Ishtar ou Inanna         na Assíria
Isis e Osiris                 no Egito.           Afrodite e Eros           na Grécia.
Venus e Cupido         em Roma.


"A IGREJA CATÓLICA (SIGNIFICADO UNIVERSAL) ROMANA" HÁ  SECULOS VEM COM PAGANISMO E IDOLATRIA DE SANTAS E SANTOS, E CORROMPENDO AS ESCRITURAS SAGRADAS DESDE ESSA ÉPOCA"

ISTO "NÃO" SIGNIFICA QUE O CRISTIANISMO É FALSO, SIGNIFICA QUE AS ESCRITURAS JÁ ADIVERTIA QUE  (SEMÍRAMIS, SHTAR,VÊNUS, AFRODITE, LIBERAS,VITORIA, ASHTAROTH, SHAUSHKA, ASTARTE, ISIS ETC...)
QUE PROFANARIA TUDO QUE Ë SANTO E SAGRADO, COM FALSOS deuses, DOUTRINAS, ENGANO POIS O MUNDO JAZ DO MALIGNO, E QUE ENGANARIA ATÉ MESMO OS ESCOLHIDOS,
SIGNIFICA QUE QUEM ESTUDA DE DIA  DE NOITE AS ESCRITURAS NÃO SERÁ PEGO DE SURPRESA. POIS A GRANDE MERETRIZ É ENCONTRADA EM RELIGIÕES FALSAS ENGANADORAS E ENGANANDO MASSAS E MASSAS DE POVOS, E ESTE SITE ESTA A FAZER O QUE VEIO A FAZER TIRAR AS VENDAS DOS OLHOS E MOSTRAR DENTRO DA PALAVRA DE DEUS!!!


VEJA:
Apocalipse 17: 1-2  4-5
1 Veio um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas;
2 com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam sobre a terra se embriagaram com o vinho da sua prostituição.


4 A mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada de ouro, pedras preciosas e pérolas; e tinha na mão um cálice de ouro, cheio das abominações, e da imundícia da prostituição;
5 e na sua fronte estava escrito um nome simbólico: A grande Babilônia, a mãe das prostituições e das abominações da terra.

Apocalipse 18:3-9
3 Porque todas as nações têm bebido do vinho da ira da sua prostituição, e os reis da terra se prostituíram com ela; e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias.
4 Ouvi outra voz do céu dizer: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos sete pecados, e para que não incorras nas suas pragas.
5 Porque os seus pecados se acumularam até o céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela.
6 Tornai a dar-lhe como também ela vos tem dado, e retribuí-lhe em dobro conforme as suas obras; no cálice em que vos deu de beber dai-lhe a ela em dobro.
7 Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, tanto lhe dai de tormento e de pranto; pois que ela diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e de modo algum verei o pranto.
8 Por isso, num mesmo dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será consumida no fogo; porque forte é o Senhor Deus que a julga.
9 E os reis da terra, que com ela se prostituíram e viveram em delícias, sobre ela chorarão e prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio;

Apocalipse 19:1-2
1 Depois destas coisas, ouvi no céu como que uma grande voz de uma imensa multidão, que dizia: Aleluia! A salvação e a glória e o poder pertencem ao nosso Deus;
2 porque verdadeiros e justos são os seus juízos, pois julgou a grande prostituta, que havia corrompido a terra com a sua prostituição, e das mãos dela vingou o sangue dos seus servos.

Isaías 47:
1 Desce, e assenta-te no pó, ó virgem filha de Babilônia; assenta-te no chão sem trono, ó filha dos caldeus, porque nunca mais serás chamada a mimosa nem a delicada.
2 Toma a mó, e mói a farinha; remove o teu véu, suspende a cauda da tua vestidura, descobre as pernas e passa os rios.
3 A tua nudez será descoberta, e ver-se-á o teu opróbrio; tomarei vingança, e não pouparei a homem algum.
4 Quanto ao nosso Redentor, o Senhor dos exércitos é o seu nome, o Santo de Israel.
5 Assenta-te calada, e entra nas trevas, ó filha dos caldeus; porque não serás chamada mais a senhora de reinos.
6 Muito me agastei contra o meu povo, profanei a minha herança, e os entreguei na tua mão; não usaste de misericórdia para com eles, e até sobre os velhos fizeste muito pesado o teu jugo.
7 E disseste: Eu serei senhora para sempre; de sorte que até agora não tomaste a peito estas coisas, nem te lembraste do fim delas.
8 Agora pois ouve isto, tu que és dada a prazeres, que habitas descuidada, que dizes no teu coração: Eu sou, e fora de mim não há outra; não ficarei viúva, nem conhecerei a perda de filhos.
9 Mas ambas estas coisas virão sobre ti num momento, no mesmo dia, perda de filhos e viuvez; em toda a sua plenitude virão sobre ti, apesar da multidão das tuas feitiçarias, e da grande abundância dos teus encantamentos.
10 Porque confiaste na tua maldade e disseste: Ninguém me vê; a tua sabedoria e o teu conhecimento, essas coisas te perverteram; e disseste no teu coração: Eu sou, e fora de mim não há outra.
11 Pelo que sobre ti virá o mal de que por encantamentos não saberás livrar-te; e tal destruição cairá sobre ti, que não a poderás afastar; e virá sobre ti de repente tão tempestuosa desolação, que não a poderás conhecer.
12 Deixa-te estar com os teus encantamentos, e com a multidão das tuas feitiçarias em que te hás fatigado desde a tua mocidade, a ver se podes tirar proveito, ou se porventura podes inspirar terror.
13 Cansaste-te na multidão dos teus conselhos; levantem-se pois agora e te salvem os astrólogos, que contemplam os astros, e os que nas luas novas prognosticam o que há de vir sobre ti.
14 Eis que são como restolho; o logo os queimará; não poderão livrar-se do poder das chamas; pois não é um braseiro com que se aquentar, nem fogo para se sentar junto dele.
15 Assim serão para contigo aqueles com quem te hás fatigado, os que tiveram negócios contigo desde a tua mocidade; andarão vagueando, cada um pelo seu caminho; não haverá quem te salve.

E TEM MAIS NA CULTURA POP ELA É:





EM TODO MUNDO:






 


Google Plus

Sobre Alienação Apocalíptica

COMPARTILHE: