MR ROBOT SOCIEDADE HACKER


[Imagem: 2015053111146569_913773262022951_4232384...9999999999]
Não é de hoje que a midia vem batendo incessantemente na tecla Nova Ordem Mundial.
O fato é que esta cada vez mais escancarado e nessa nova serie não poderia ser diferente.
Na realidade a NOM ficou tão exposta no episódio piloto que das duas uma:
Ou existe realmente um conflito entre os algozes da humanidade e uma disputa pelo poder(provavelmente entre maçonaria e iluminatis)
Ou...
estamos presenciando um novo esquema "DIVIDIR PARA CONQUISTAR" em escala midiática global, que provavelmente visa gerar uma polarização mundial, uma guerra travada em nossas mentes.

[Imagem: 2015053111146569_913773262022951_4232384...9999999999]


A serie, a principio, segue a linha do cyberterrorismo e mostra como um jovem antisocial e antisistema é arregimentado nessa guerra virtual.
Até ai nada de novo.
O problema é que a serie deixa bem claro como a sociedade é explorada pelas corporações e governos e cita abertamente uma "sociedade invisivel" que nos escravisa.

[Imagem: 20150531vlcsnap-00107.jpg?resize=634%2C356]


Eliott (Rami Malek), protagonista de Mr Robot, trabalha em uma firma que presta serviços de segurança de redes, e detesta a vidinha corporativa.
Sua história não é bem esclarecida, mas deixa claro que possui profundos traumas. Recebe consultas de uma psquiatra e, claro, recebe medicação tarja preta pra nao sofrer ataques esquizofrenicos(o velho rotulo do Anti-NOM).

Tudo vai bem~ mal(!!!!) até que sua empresa(Evil Corp, com o "Ezinho" da Enrom, o conglomerado falido...falido?...Dell tambem tem esse "Ezinho"...) sofre um ataque rootkit e ele percebe que a toca do coelho é mais profunda.

[Imagem: 20150531vlcsnap-00112.jpg?resize=634%2C356]


Claro que não vou dar mais spoilers aqui, mas o primeiro episódio me deixou bem ouriçado quanto à forma direcionada do tema, principalmente com o rumo aparente do protagonista.
O clima de thriller é bastante eficaz.
As atuações são boas e apesar do tema não percebi clichês gritantes.

[Imagem: comcast_logo_detail.png]


O irônico é que a serie é exibida pelo canal USA Network, uma subsidiária da NBC Universal Cable, que por sua vez é uma divisão da NBC Universal, subsidiária da Comcast, com receita da ordem de US$ 60 bilhões.
Sionismo full overboost 
E um tapa na cara dos Anti-NOM do mundo real, Kkkk.

Google Plus

Sobre Alienação Apocalíptica

COMPARTILHE: